Elji Beatzkilla e Djodje levam público ao rubro no primeiro dia do festival

Elji Beatzkilla e Djodje levaram o público ao rubro e fecharam “em grande” o primeiro dia da XXVII edição do Festival da Praia de Santa Maria, este ano sob o signo “Com Bandeira Azul cuidamos do Sal”.

Festival de Santa Maria

Festival de Santa Maria

Com as atuações dos artistas Elji Beatzkilla e Djodje ficou concluído o primeiro dia do festival da Praia de Santa Maria, na manhã de hoje, que arrancou às 22:43, com um atraso de pouco menos de hora e meia, já que previsto para 21:00.

 

A Banda Municipal, associada à voz do Djilinha que interpretou a música “Ness mund um nascê”, deu o pontapé de saída para marcar o início do certame musical, tendo sido apreciada silenciosamente pelos festivaleiros, mas muito aplaudida no final do show.

 

Entra Maria Alice – cabeça de cartaz desta 27ª edição do Festival da Paria de Santa Maria – que ao seu estilo cativa os presentes num show para não esquecer, seguindo-se Cordas do Sol que arrasou com música de “Tintanton”, levantando a areia, sacudindo o público que cantava junto com a banda.

 

Após um compasso de espera, aceitável, muda-se o figurino com “Dance House”, colectivo constituído por Kino Cabral, Zé Delgado, Beto Dias, Gil Semedo, Grace Évora e Nando da Cruz, que também não deixaram seus dotes em mãos alheias.

 

Sai “Dance Hause” concedendo espaço a Elji Beatzkilla seguido de Djodje… e foi de arromba.

 

A maior parte dos entrevistados da Inforpress avaliou positivamente o primeiro dia de espectáculo musical

 

Contactado a Polícia Nacional, a Proteção Civil e a Cruz Vermelha, por volta das 10:00, nada havia acontecido de relevante, o que indica que se festejou com civismo.

 

 

SAPO c/Inforpress